propaganda

data

Seja bem-vindo. Hoje é

Ache sua frase aqui

NOME A


ESCOLHA UMA LETRA

A  B  C  D  E  F  G  H  I  J
K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T
          U  V  W  X  Y  Z



Significado dos Nomes Letra A


Aarão – Hebraico Aharon, o elevado, o sublime.
Aaron – Forma francesa e inglesa de Aarão.
Aarón – Forma espanhola de Aarão.
Abá – Afro-brasileiro Esperança.
Abaçaí  Tupi Homem de respeito.
Abace – Variação de Abaz.
Abacílio – Possivelmente do latim Bacillus, diminutivo de baculus: sem arrimo, sem apoio.
Ábaco – Do latim abacus: qualquer espécie de mesa ou tabuleiro.
Abacuc – O mesmo que Habacuc.
Abade – Hebraico Abba, pai, guia ou chefe de um mosteiro. O pai pela grandeza de alma.
Abaeté – Tupi Abá-etê, homem de respeito.
Abanã – Tupi Cabelo forte, cabelo duro.
Abaré – Tupi Amigo do homem.
Abati – Tupi Cabelos dourados, loiro.
Abayomi – Yorubá Nome feminino: “encontro feliz”.
Abaz – Do árabe abbás, nome de alguns soberanos da Pérsia.
Abcar – Designação dos reis da Mesopotâmia.
Abdala – Árabe Abdallah, servo de Deus. Sobrenome de muitas famílias no Brasil.
Abdalatif – Do árabe Abd-al-Aziz, “servo do Clemente (Deus)”.
Abdalaziz – Variação de Abdalatif.
Abdalônimo – Do grego Abdalonymos, do fenício, “avdh”, servo, e alionim, “dos deuses”.
Abdão – Hebraico Aquele que serve.
Abdelcáder – Árabe Servo do Onipotente.
Abdelcarim – Árabe Servo do Generoso. Famoso guerreiro marroquino.
Abdelmáleque – Árabe Servo do Rei.
Abdénago – Hebraico Servo do Deus Nabo. Também usado Abdénego.
Abderramã – Árabe Servo da Misericórdia.
Abdias – Hebraico Obadiah, servo de Deus.
Abdiel – Hebraico Meu servo é Deus.
Abdir – Hebraico Poderoso.
Abdo – Do árabe, “servo de Deus”.
Abdon – Hebraico Aquele que serve.
Abdônio – O mesmo que Abdon.
Abdul-Hamide – Árabe Servo do Louvado.
Abeau – Forma francesa de Abel.
Abeguar – Tupi Comedor de gente.
Abel – Hebraico Heb-hel, sopro, hálito, o que chora, esvanecimento. Segundo filho de Adão e Eva.
Abelard – Forma inglesa de Abelardo.
Abelardo – Teutônico Adelhard, nobre resoluto. Vindo do francês Abeillard, derivado de abeille (abelha).
Abele – Forma italiana de Abel.
Abella – Latim Bonita.
Abia(s) – Do hebraico Abiah, “cujo pai é Deus”.
Abiatar – Do hebraico Abiatar, “cujo pai é a abundância”.
Abiel – Do hebraico Abiel, “de quem Deus é pai”.
Abiézer – Hebraico Meu pai é auxílio.
Abigail – Hebraico Abigayil, fonte de prazer; pai do cotentamento. Meu pai é alegria, na fonte da alegria.
Abília – Feminino de Abílio.
Abílio – Latim Abiliu, hábil, idôneo, capaz, que não é vingativo, ou do grego Abylos, derivado de Abylloi, um povo do Egito.
Abimeleque – Hebraico Meu Pai é rei.
Abinaão – Do hebraico Abinam, “meu pai é suave”.
Abinadab – Do hebraico Abinabad, “pai do generoso”.
Abirão – Do hebraico Abiram, “pai da elevação”, ou “meu pai é excelso”.
Abisaga – Do hebraico Abixag, “meu pai é o erro”, ou “que tem por pai o erro”.
Abisur – Do hebraico abishur, “meu pai é muralha”.
Abiú – Do hebraico Abihu, “Ele (Deus) é pai”.
Abiude – Do hebraico Abihud, “pai dos judeus”.
Abner – Hebraico Abhner, pai da luz, da sabedoria.
Aboré – Afro-brasileiro O venerável.
Abra – Hebraico Abraham, mãe das multidões. “Mãe do Universo”. Abra foi a favorita de Salomão, na Bíblia.
Abraão – Hebraico Abraham, pai das multidões. O verdadeiro fundador do povo hebraico. Abrão é uma variação.
Abraham – Forma espanhola, inglesa e alemã de Abraão.
Abram – Hebraico Abraham, sublime é o pai.
Abramo – Forma italiana de Abraão.
Abrão – Forma primitiva de Abraão. Inglês: Abram.
Abreu – Português Agradecimento, doação. Do germânico. Avredo.
Abril – Nome e sobrenome referentes aos nascidos nesse mês.
Absalão – Hebraico Ab-salom, pai da paz. Variação: Absalem.
Absirto – Príncipe da Cólchida, irmão de Medéia.
Abstêmio – Que não bebe bebida alcoólica.
Abu – Árabe Pai, quando precede nome do filho: Abdallah, Abu Muhammad.
Abud – Árabe O mesmo que Abu.
Abundâncio – Do latim Abundantius, “abundante”.
Abúndio – O mesmo que Abundâncio.
Aca – Do latim Acca. Acca Larentia, personagem da mitologia romana.
Acabe – Hebraico Irmão do pai, tio paterno.
Acace – Forma francesa de Acácio.
Acácia – Grego Akakia, penoso, espinhoso. A acácia é uma árvore que simboliza a imortalidade.
Acácio – Latim Acacius ou grego Akákios. Sem maldade, inocente.
Acanto – Planta com belas folhas, símbolo das belas-artes.
Acarnane – Nome masculino, do grego Adarnán, “cardo-bento”, cardo-santo”, nome de uma planta.
Acates – Nome masculino, pelo latim Achates, do grego Achátes. É, também, nome de um rio da Sicília, hoje Arila.
Acaz – Do hebraico Achaz, “possuidor”. Rei de Judá, filho de Joatão.
Accioli – Italiano Derivado de acciaioli, instrumento de aço para produzir fogo.
Acemira – Tupi Faz doer, doloroso.
Achila – Grego Feminino de Aquiles.
Achille – Forma francesa e italiana de Aquiles.
Aci – Tupi Mãe.
Acidália – Mitologia greco-romana. Que dá cuidados, sobrenome de Vênus. Masculino: Acidálio.
Acília – Abreviação de Acilina.
Acilina – Feminino de Acilino.
Acilino – Latim Acylinus ou grego Ákylos, bolota, glande de carvalho, cidade da Itália. Feminino: Acilina.
Acindina – Feminino de Acindino.
Acindino – Latim Acindynus ou do grego Akíndynos, sem perigo. Feminino: Acindina. Santo mártir.
Ácio – Do latim Accius, nome de família de Lucius Accius, poeta trágico romano.
Acir – Tupi Abreviatura de Moacir.
Aclima – Hebraico Irmã gêmea e mulher de Caim.
Acrísia – Feminino de Acrísio.
Acrísio – Grego Aquele que não discerne, não distingüe.
Açucena – Árabe Alvura, branca como a flor da planta. Variante de Susana.
Acúrcio – Santo mártir.
Ada – Teutônico Eada, feliz, próspero; ou hebraico – Adah, tiara, ornamento, coroa.
Adail – Português ou Árabe Addalil, guia, caudilho, aquele que mostra o caminho do bem. Nome de homem ou mulher.
Adair – Celta Athadara, passagem a vau sobre carvalhos. Nome de uma residência céltica.
Adalard – Forma inglesa de Adalardo.
Adalardo – GerMãnico Nobre e forte, forte como a nobreza. Usa-se também Adelardo.
Adalbéria e Adalbera – Feminino de Adálbero.
Adalbero – Germânico “Adal, nobre, e bero, urso”.
Adalbero – Germânico Urso de nobreza. Feminino Adalbéria.
Adalbert – Forma alemã de Adalberto.
Adalberta – Feminino de Adalberto.
Adalberto – Teutônico Adelbehrt, de Abel (nobre) e Behrt (ilustre).
Adalelmo – Do germânico, “adal, nobre, e Helm, proteção”, “proteção de nobre”.
Adalfreda – Feminino de Adalfredo.
Adalfredo – Germânico Nobre e pacífico.
Adalfrida ou Adelfrida – Variação de Adalfreda.
Adalgis – Forma alemã de Adalgiso.
Adalgisa – Teutônico Lança de nobreza.
Adalgiso – Do germânico “adal, nobre, gisa, gis, forte, dominador”, “nobre dominador”. Guérios interpreta como “lança de nobreza”.
Adália – Teutônico Que vem de Adal, nobre, perfumada.
Adalina – Variação de Adália.
Adalmar (o) – O mesmo que Aldemar.
Adalmir – Forma reduzida de Adalmiro.
Adalmira – Feminino de Adalmiro.
Adalmiro – Germânico Nobre e brilhante, famoso.
Adalrich – Forma alemã de Adalrico.
Adalrico – Do germânico “adal, nobre, rik, senhor”, “senhor de nobreza”.
Adaltina – Feminino derivado de Adalto.
Adaltiva – Feminino derivado de Adalto.
Adalto – Latim Para o alto, em sentido espiritual.
Adalvina – Feminino de Adalvino.
Adalvino – Germânico Amigo nobre ou da nobreza.
Adalzira – Germânico Ornamento nobre.
Adam – Forma alemã, francesa e inglesa de Adão.
Adamâncio – Latim Duro como diamante.
Adamantina – Grego Muito amável, bom. Forma feminina de Adamantino.
Adamantino – Grego Adamas, adamantos, indomável; diamantino, de diamantes. O mesmo que Diamantino.
Adamanto – Grego Adámas, Adámantos, diamante, indomável. Usado também como sobrenome português.
Adamastor – Grego Adamas, diamante, indomável, indômito, invencível.
Adamina – Da terra vermelha. Forma feminina de Adão.
Adamine – Feminino alemão de Adão.
Adamir – Germânico Brilhante, famoso, riquezas. Nome de homem ou mulher.
Adamo – Latim Amo excessivamente.
Adams – Forma abreviada de Adam’s son, filho de Adam.
Adan – Forma espanhola de Adão.
Adão – Hebraico Adham, homem de terra vermelha (referência ao solo vermelho da Palestina, onde foi criado).
Adari – Anagrama de Daria.
Adarico – O mesmo que Odorico.
Adauto – Latim Aumentado, acrescido, ajuntado.
Addae – Nome masculino, do akani “sol nascente”.
Addolorata – Forma italiana de Dolores.
Ade – Nome masculino, do yorubá (Nigéria), “real”. É também diminutivo alemão de Adolfine.
Adel – Árabe Justo.
Adela – Do inglês Adela, o mesmo que Adélia.
Adelaide – Teutônico Adal-heit, de linhagem nobre. Do masculino Adalheida, nobre divertido. Princesa da terra.
Adelardo – Germânico Adelheid, de estirpe nobre, de classe nobre.
Adelbar – Fenício Ader Baal (adorador + deus fenício), adorador de Baalemão.
Adelbert – Forma alemã e inglesa de Adelberto.
Adelberto – Variação de Adalberto.
Adele – Forma alema e italiana de Adélia.
Adelelmo – Germânico Nobre elmo.
Adelfa – Feminino de Adelfo.
Adelfo– Grego Fraternal, irmão.
Adelheid – Forma alemã de Adelaide.
Adélia – Teutônico Adal, nobre. Adela, Lina são diminutivos. Adelina, Adelino, Adeline, Edeleine são derivados de Adelaide.
Adelina – Diminutivo de Adélia. Francês: Adeline; italiano: Adelina.
Adelinda – Do alemão Adelinde: “adel”: nobre, “linde”: serpente.
Adelinde – Forma alemã de Adelinda.
Adelindo – Masculino de Adelinda.
Adeline – Forma francesa de Adelina.
Adelino – Diminutivo de Adélia, que deriva de Adelaide.
Adélio – Masculino de Adélia.
Adelita – Espanhol Diminutivo de Adélia.
Adelmar – Germânico Adal + Mari (nobreza + célebre), de nobreza célebre.
Adelmarina – Feminino de Adelmarino.
Adelmarino – Germânico Nobre, célebre.
Adelmaro – O mesmo que Adelmar.
Adelmira – O mesmo que Adalmira.
Adelmiro – Germânico Nobre, célebre.
Adelmo – Germânico Abreviatura de Adelelmo.
Adelpho – Forma inglesa de Adelfo.
Adelson – Árabe Ádel, justo.
Adeltrudes – Germânico Adeltrud, poder, força nobre.
Ademar – Teutônico Adhemar, guerreiro glorioso. De Adhe (guerreiro) e Mar (glória).
Ademara – Feminino de Ademaro.
Ademir – Germânico Revestido de nobreza, riqueza.
Adeodata – Feminino de Adeodato.
Adeodato – Latim Dado por Deus. Variação de Deodato; Deusdedit.
Aderaldo – Germânico O que governa.
Aderbal – Fenício Athar Ball, cultor do deus Baalemão.
Aderico – Germânico Príncipe guerreiro.
Adhémar – Forma francesa de Ademar.
Adi – Hebraico Aparece na genealogia de Jesus.
Adib – Árabe Educado, instruído.
Adiel – Hebraico Meu ornamento é Deus.
Adigênio – Fusão de Edite + Eugênio.
Ádila – Santa da Igreja Católica.
Adília – Provavelmente variação de Adélia.
Adílio – Francês Fidalgo, nobre. Feminino: Adília.
Adina – Hebraico Adni, voluptosa; estimada pela sua figura. Dina é diminutivo e Adena, Adine são variações.
Adir – Fenício Ilustre.
Adira – Hebraico Sensível.
Adjuta ou Ajuta – Feminino de Adjuto.
Adjuto – Do latim Adjutus, “ajudado por Deus”.
Adlai – Hebraico Meu testemunho (da palavra de Deus), meu ornamento.
Adler – Teutônico Adlar, águia. Claro de mente e visão.
Admeta – Feminino de Admeto.
Admeto – Latim Admetus ou grego Admetos, indomável.
Admin – Hebraico Citado na genealogia de Jesus.
Ado – Hebraico Que tem prosperidade e beleza. Feminino: Ada.
Adolar – Do alemão Adolar, Adelar: “Adel: nobre, e Her: guerreiro”.
Adolf ou Adolph – Forma alemã de Adolfo.
Adolfa – Feminino de Adolfo.
Adolfina – Feminino diminutivo de Adolfo.
Adolfine – Forma alemã de Adolfina.
Adolfo – Teutônico Adalwolf, nobre, lobo herói, bravo guerreiro. Ad, Dolf, Dolfinho são diminutivos e Adolpho é uma variação.
Adolphe – Forma francesa de Adolfo.
Adolphus – Forma inglesa de Adolfo.
Adom – Aramaico Rei de Gaza.
Adonai – Hebraico Senhores meus. Um dos nomes de Deus no Antigo Testamento.
Adonaide – Grego Nome poético da deusa Vênus.
Adônia – Grego Feminino de Adônis.
Adonias – Hebraico Deus é meu senhor. Foi um príncipe hebraico, filho do Rei Davi.
Adônica – Do latim, doce.
Adoniram – Hebraico Adon + ram (senhor + elevado). O Senhor é excelso.
Adoniran – Variação de Adoniram.
Adonirão – O mesmo que Adoniram.
Adônis – Fenício Adon ou do grego Ádonis, senhor. Adônis na mitologia foi um jovem muito famoso. Jovem amado por Vênus, daó o nome significar “elegante, simpático”.
Adorabela – Franco-latino Adoriabelle, dádiva formosa.
Adorinda – Esperanto Adorável, estimável.
Adosinda – Feminino de Adosindo.
Adosindo – Do germânico “hadu”, combate, e “sint”, grande, poderoso, ou “swint, apressado, rápido, excelente.
Adozina – Latim Doce.
Adramalec – Babilônico “Adar é conselheiro”.
Adrastea – Grego Aquela de quem não se pode fugir. Apelido de Nêmesis, deusa da justiça.
Adrastéia – Variação de Adrastea.
Adrastia – Variação de Adrastéia.
Ádrasto – Grego O inevitável, de quem não se pode fugir.
Adrian – Forma alemã, espanhola e inglesa de Adriano.
Adriana – Latim Da cidade de Ária, região banhada pelo mar Adriático. Ádria vem de Adar, deus do fogo, uma das divindades adoradas pelos heráclidas, povo descendente de Héracles.
Adriano – Latim Ater, aquele que é escuro; pessoa morena; apelido entre os povos de pele aveludada ou peluda. Deriva Adriano do latim Hadrianus ou de Ádria, na Itália, daí o Mar Adriático.
Adrião – Forma popular portuguesa de Adriano.
Adriel – Hebraico Da congregação divina.
Adrien – Forma francesa de Adriano.
Adroaldo – Teutônico Uodal + Wald, que governa as riquezas.
Adrovaldo – Variação de Adroaldo.
Adulfo – Variação de Ataúlfo
Aécio – Grego Aetos, águia.
Aegla – Grego Aígle, Aglaê, esplendor.
Aélia – Damas ilustres da Roma Antiga.
Afif – Árabe Honesto, casto.
Afife ou Afifa – Do árabe Afifah, “honesta, casta”.
Afonsina – Feminino derivado de Afonso.
Afonso – Germânico Nobre e diligente, atencioso. Variação de Alfonso (Adalfuns).
Afra – Latim Feminino de afro.
Afrânia – Feminino de Afrânio.
Afrânio – Latim Afranius, que vem de uma língua africana. Poeta cômico latino.
Africano – Do latim Africanus, apelido de dois generais: um, o vencedor de Aníbal; o outro, Cipião Emiliano, destruidor de Cartago e Numância, Santo da Igreja Católica.
Afro – Relativo à África.
Afrodísio – Do latim Aphrodisius, do grego Aphrodísios, “consagrado a Afrodite”.
Agamedes – Grego Arquiteto que construiu o templo de Apolo, em Delfos.
Agamenon – Grego Muito firme, perseverante, resistente.
Agapanto – Liliáceas de flores azuis. Planta original da África.
Agápio – Grego Afeição, caridade.
Agápis – Do grego Agápis, o mesmo que Ágapio.
Agapito – Latim Agapitus ou do grego Agapetós, amável, querido.
Agar – Hebraico Estrangeira. Agar foi concubina de Abraão.
Agasias – Do grego Agasías, do adjetivo agásios, “admirável”.
Ágata – Grego Agathé, boa, bondosa.
Agatão – Pelo latim Agthone, do grego Agáthon, do adjetivo agathós, “bom”.
Agatha – Forma alemã e inglesa de Ágata.
Agathe – Forma alemã e francesa de Ágata.
Agátocles – Grego Boa fama.
Agda – Grego Boa.
Agenor – Grego Bravo, soberbo, viril.
Agenora – Feminino de Agenor.
Agesilau – Pleo latim Agesilaus, do grego Agesílaos, “o que conduz, guia, arrasta o povo”.
Ageu – Hebraico Alegre, festivo, contente, nascido em dia de festa.
Agilbert – Forma alemã de Agilberto.
Agilberta – Feminino de Agilberto.
Agilberto – Germânico Agil-bert, espada que brilha ou espada que tem fama, célebre.
Agildo – Teutônico Oferta dos deuses.
Agílio – Derivado de Agildo.
Agilulfo – De origem germânica: “wulf, lobo, agil, de espada”.
Aginaldo – O mesmo que Aguinaldo.
Agis – Do grego Agis, nome de um rei de Esparta.
Aglaê ou Aglaé – O mesmo que Aglaia.
Agliberto – Germânico Espada que brilha.
Agnata ou Agnato – Latim Parente por linha paterna.
Agnelo – Latim Agnellus, cordeirinho.
Agnês – Grego Agne, pura, santa, cordeirinha, ovelha nova.
Agnese – Forma italiana de Agnes.
Agnodice – A primeira mulher que, fingindo ser homem, estudou e exerceu a Medicina.
Agostina – Forma espanhola e italiana de Agostinha.
Agostinha – Feminino de Agostinho. Alemão: Augustina e Augustine; espanhol: Agostina e Agustina; francês: Augustine; italiano: Agostina.
Agostinho – Latim Forma diminutiva de Augusto.
Agostino – Forma italiana de Agostinho.
Agra – Português Campo de fonte.
Agrécio – Latim Agreste, do campo.
Agrícola – Latim Agricultor.
Agripa – Latim Dado à luz com dificuldade. Grande general romano.
Agripina – Latino Que foi dado à luz com dificuldade.
Agripino – Latim Derivado de Agripa: Agra + pous (pegar + pé), o que nasceu com os pés para a frente.
Águeda – Variação de Ágata, vem do grego Agathé, boa, bondosa.
Aguiar – Português Lugar onde habitam águias.
Aguiberta – Feminino de Aguiberto.
Aguiberto – O mesmo que Agilberto.
Aguilar – Espanhol Originário do português Aguiar.
Aguimar – Fusão de Aguinaldo + Maria.
Aguinalda – Feminino de Aguinaldo.
Aguinaldo – Teutônico Aginald, aquele que governa com a espada.
Aguirre – Espanhol de origem basca – Lugar alto. Sobrenome que descende de um filho de Arandia que viveu em Aguirre.
Agustin – Forma espanhola de Agostinho.
Agustine – Latim  Augustine, que pertence a Augusto. Agostinho, Austin, são variações.
Aías – Pelo latim Ahias, do hebraico Ahiyan, “amigo de Deus”.
Aiça ou Aissa – Do árabe, o mesmo que Jesus.
Aiçar – Forma dialetal árabe de Kâiçar, isto é, César.
Aida – Italiano Pudor, recato. Nome de uma ópera de Verdi, representada pela primeira vez em 24-12-1871. Variação: Ada, Aidê.
Aída – Etíope Derivam Aída, do anglo-saxão Eada (próspera, feliz).
Aidê – Variação de Haidê.
Aidil – Germânico Eidil, nobre, fidalgo. Ou do árabe Aidel, justiceiro.
Aila – Forma finlandesa de Helga ou Alice.
Ailson – Germânico De sagrada fama.
Aílton – Francês Variação do nome Ayrton.
Aimão – Do francês Aimon, Aymon. Derivado de Aimone.
Aimberê – Tupi Duro, inflexível; flauta imprestável ou lagartixa. Variação: Amberê.
Aimara – Tupi Araçá do brejo. Variação: Aymara.
Aimê – Francês Aimée, amada, querida.
Aimée – Francês Amada, querida. Particípio passado feminino do verbo “aimer” (amar), em francês.
Aimon – Forma espanhola e francesa de Aimone.
Aimone – Germânico Do gótico Haims; home, em inglês, casa.
Aimoré – Tupi Hai + mbo’ ré, o mordedor; do verbo “mbor” (ter).
Airão – Hebraico Meu irmão.
Aires – Germânico Ar, águia, príncipe, senhor. Usado como sobrenome português.
Airton ou Ayrton – Deriva do romance de Júlio Verne, A Ilha Misteriosa.
Airumã – Tupi Estrela D’alva.
Aisha – Nome feminino, do swahili (África), “vida”.
Aixa – Árabe A vivente. Nome da mulher favorita de Maomé.
Airy – Tupi Nome de uma palmeira.
Aisó – Tupi Formosa.
Aiury – Tupi O socorro, a ajuda.
Aiyra – Tupi Filha.
Ajá – Afro-brasileiro Espírito benfazejo.
Ajagunã – Afro-brasileiro Guerreiro forte.
Ajax – Grego Que geme ou lamenta, personagem mitológico.
Ajuricaba – Tupi Muito irritável. Espécie de abelha. Índio amazonense que, preso pelos portugueses, se logou às águas do rio para escapar.
Ajyra – Tupi Filha do irmão, sobrinha.
Akilah – Do árabe, “inteligente”.
Akill – Do árabe, “compreensão”.
Alabá – Afro-brasileiro – Espírito infantil.
Aladino – Árabe Sublimidade da religião.
Adaíde – Francês Linhagem nobre. Variação de Adelaide.
Alain – Forma francesa de Alano.
Alair – Nome derivado de Hilário, alegre.
Alan – Germânico ou celta Crescer, gracioso, agradável.
Alana – Celta Linda, bela.
Alaor – Árabe Filho de Abderramã.
Alarice – Teutônico Alhric, que governa todas as coisas, todo-poderoso.
Alarico – Teutônico Alhric, todo poderoso, que governa tudo.
Alaúde – Instrumento de cordas parecido com a viola.
Alba – Latim Alva, muito branca.
Albach – Germânico Riacho das enguias.
Alban – Forma alemã, francesa e inglesa de Albano.
Albano – Latim Nascido na cidade de Alba, Itália. Variação masculina de Albino.
Albarino – Latim Rebocador.
Albérico – Teutônico Rei dos montes.
Albatênio – Do árabe al-Battani, nome de homem.
Alberich – Forma alemã de Alberico.
Albérico – Pelo italiano Alberico, do alemão Alberich: “rich: rei ou príncipe, e albe: dos elfos”. Ou “senhor dos montes”.
Alberon – Variação de Oberon.
Albert – Forma alemã, francesa e inglesa de Alberto.
Alberta – Feminino de Alberto.
Albertano – Forma espanhola derivada de Alberto.
Alberte – Forma francesa de Alberta.
Albertim – Do sobrenome italiano Albertini, derivado de Alberto; ou variação de Albertino.
Albertina – Forma diminutiva feminina de Alberto.
Albertine – Forma francesa e inglesa de Albertina.
Albertino – Forma diminutiva e variação de Alberto.
Alberto – Teutônico – Aethelbert, nobre e brilhante ou ilustre. O mesmo que Adalberto, brilhante, ilustre.
Albílio – Variação de Abílio.
Albin – Forma alemã, francesa e inglesa de Albino.
Albina – Variação feminina de Albino.
Albine – Forma francesa de Albina.
Albino – Latim Albinus, que vem de Albus, alvo, branco.
Albion – Latim Alvo. Nome pelo qual também se conhece a Inglaterra.
Alboino – Germânico Alf + win (elfo + amigo), amigo de Elfos, os espíritos do ar.
Albornoz – Português Originário da tribo berbere. Usado como sobrenome também em espanhol.
Albuim – Forma alemã de Alboim.
Albuquerque – Latim Alba + quercus, carvalho branco.
Alcaçova – Português Do castelo de Alcaçova de Lisboa.
Alcântara – Árabe Al + kantara, ponte.
Alcebíades – Grego Alkibiades, violento e generoso.
Alceste – Grego Alk, forte, vigoroso. Figura mitológica ressuscitada por Quiron.
Alceu – Grego Alkaios, forte.
Alcibiade – Forma italiana de Alcibíades.
Alcida ou Alcidea – Feminino de Alcides.
Alcidamo – Pelo latim Alcidamas, do grego Alkidámas: “alké, força e damáo, domar”, “força que doma”.
Alcides – Grego Variação de Alceu.
Alcídia – Feminino de Alcídio.
Alcídio – Grego O mesmo que Alcídes, Alceu.
Alcido – Variação de Alcides.
Alcina – Grego Alkinoé, de mente forte; capaz de transformar poeira em ouro pelo seu poder de persuasão.
Alcinda – Feminino de Alcindo.
Alcindo – Grego Caráter forte. Variação masculina de Alcino, que vem de Alcina.
Grego Forte, inteligência, mente forte.
Alcione – Grego Maçarico, ave marinha. Nome de uma estrela da constelação das Plêiades.
Alda – Teutônico Eada, velha, sábia, rica.
Aldebert – Forma francesa de Aldeberto.
Aldeberto – O mesmo que Adalberto. Francês: Aldebert.
Aldegunde – Forma alemã de Aldegundes.
Aldemiro – Germânico Variação de Adelmiro.
Alderich – Forma alemã de Alderico.
Alderico – Germânico Senhor de nobreza ou príncipe venerável por sua idade.
Alderita – Derivado de Alda.
Aldevina – Feminino de Aldevino.
Aldevino – Germânico Amigo da nobreza. Feminino: Aldevina.
Aldina – Diminutivo de Alda. Alemão: Aldina e Aldine; italiano: Aldina.
Aldine – Forma alemã de Aldina.
Aldino – Diminutivo de Aldo.
Aldo – Teutônico Ald, velho e sábio.
Aldobrando – Germânico Espada velha.
Aldonca – Latim Doce.
Aldonça – Germânico Guerreira nobre, guerreira velha.
Aldora ou Aldara – Nome de personagem na “Lenda de Gaia”.
Aléa ou Aléia – Ala de árvores.
Aleardo – Germânico Estrangeiro que tem força.
Alécio – Latim Calda de peixe, salmoura.
Alecrim – Português Nome de flor, usado como sobrenome.
Alegria – Significado literal: contente.
Aleixo – Latim Alexius, grego Aléxios, que defende e protege. Variação de Aléxis e de Alexandre.
Alejandra – Forma espanhola de Alexandra.
Alejandrina – Forma espanhola de Alexandrina.
Alejo – Forma espanhola de Aleixo.
Alena ou Alene – Abreviação tcheca e húngara de Madalena.
Aleluia – Hebraico Louva ao Senhor.
Alencar – Germânico Templo dos Alanos. Derivado também de Alenquer, vila portuguesa.
Alencastro – Derivado da palavra inglesa Lancaster.
Alenica – Hipocorístico russo de Helena.
Alenka – Hipocorístico eslavo e húngaro de Helena.
Alessandra – Grego Que resiste aos homens. Adaptação italiana do grego para o feminino de Aléxandros.
Alessandro – O mesmo que Alessandra.
Alessia – Abreviação alemã de Alexandra.
Alessio – Abreviação alemão de Alexandre e forma italiana de Aleixo.
Alete – Latim Alada, semelhante a um passarinho.
Alex – Variação de Alexandre.
Alexa ou Alexia – Abreviação alemão de Alexandra.
Alexander – Forma alemã e inglesa de Alexandre.
Alexandra – Feminino de Alexandre.
Alexandre – Grego Alexandros, defensor da espécie humana.
Alexandrina – Diminutivo feminino de Alexandre.
Alexandrine – Forma alemã e francesa de Alexandrina.
Alexandrino – Grego Forma diminutiva de Alexandrina.
Alexina – Feminino de Alexino.
Alexino – Pelo latim Alexinus, do grego Aléxinos, de aléxo, “repelir, defender”.
Aléxis – Grego e Latim Que se defende. Variação de Alexandre.
Alfa – Grego Primeira letra do alfabeto grego. Alfa e Ômega: o princípio e o fim.
Alfena – Grego Planta semelhante ao jasmim, de flores brancas.
Alfesibeu – Do grego Alphesíboios, “o que acha bois”.
Alfeu – Grego Alphéios, branco, alvo.
Álfio – Italiano Derivado dos oscos. Variação de Alfeu.
Alfons – Forma alemã de Alfonso.
Alfonsa – Feminino alemão de Alfonso.
Alfonsina ou Alfonsine – Alemão Feminino de Alfonso.
Alfonso – Teutônico Adalfuns, de espírito combativo, inclinado ao combate.
Alfred – Forma alemã, francesa e inglesa de Alfredo.
Alfreda – Teutônico Conselheira dos elfos.
Alfredina – Feminino de Alfredino.
Alfredo – Anglo-saxão Aelfraed, bom ou pequeno duende conselheiro. Ou de origem teutônica adal + frido, nobre paz.
Ali – Árabe Al ou el, senhor, sublime, excelso.
Alice – Grego Alethia, a verdadeira; grega que não conhece a mentira. Elsie, Elci, Elsa, Elza, Ciléia, Ciléa, são diminutivos.
Alícia – Variação feminina de Alice, que vem do grego Alethia, a verdadeira.
Alienor – Forma arcaica de Eleonor.
Alighieri – Germânico Lança velha ou lança estrageira. Nome e sobrenome de origem italiana.
Alilat – Árabe O deus Urano.
Alina – Latim Agulha.
Aline – Celta De linhagem nobre, graciosa, atraente. Variação francesa Adeline, inglesa Alene, Aleen.
Alípia – Feminino de Alípio.
Alípio – Grego Alegre.
Alírio – Latim Natura alemão da Ilíria. Santo da Igreja Católica.
Alita ou Alite – Do árabe Álitta, “a deusa Vênus”. É, também, redução holandesa de Adelaide.
Alisa – Variação alemã de Alice.
Alison – Germânico De sagrada fama.
Allan-Kardec – Pseudônimo do fundador Espiritismo. Seu nome verdadeiro era Hipólito Rivail.
Allende – Espanhol Além, do lado de lá, além da ponte.
Alma – Latim Bondosa, clemente. Substância espiritual que governa o corpo físico.
Almada – Grego A mina (de ouro ou prata).
Almasor – Do árabe al-mansur, “o vitorioso”. Português arcaico: Almançor. Espanhol: Alomanzor.
Almáquio – Nome de um santo mártir de Roma do século IV.
Almar – Aférese de Aldamar.
Almeida – Árabe Al + maida, campo plano, chão plano, mesa. Sobrenome freqüente no Brasil e em Portugal.
Almeidna – Do árabe Al-medinâ, “a cidade”.
Almeno – Anagrama de Manoel.
Almeri – Variação de Alméria.
Alméria – Árabe Princesa. Ou procedentes da província espanhola de Alméria.
Almérico – O mesmo que Almerinda, ou Alméria.
Almerinda – Espanhol Procedente da cidade de Alméria.
Almerindo – Teutônico Variação de Almério.
Almério – Teutônico Príncipe rico e trabalhador.
Almir – Teutônico Ilustrado por nobreza.
Almira – Forma feminina de Almiro.
Almirante – Português Alcunha primitiva usada como nome e sobrenome.
Almiro – Árabe O príncipe, celta, delicadeza.
Aloá – Variação de Eloá.
Alódia – Teutônico Herdeira.
Alódio – Do germânico: “al, tudo, todo, e od, propriedade”, “propriedade plena, hereditária, não feudal”; latim medieval: allodium.
Alóis – Forma francesa de Aloísio.
Aloísia – Feminino de Aloísio. Inglês: Aloysia.
Aloísio – Latim Inteiramente prudente, esperto. Variação de Luís.
Alonso – Variação de Afonso (Adalfuns).
Alphonse – Forma francesa de Alfonso.
Alpina – Feminino de Alpina. Inglês: Alpine.
Alpiniano – Derivado de Alpino.
Alpino – Latim Albinus e Albus, alvo, branco.
Al-samir – Árabe O amigo encantador.
Alse – Divindade que preside os bosques.
Altair – Árabe A estrela que voa; da constelação da águia.
Altamir – Germânico Velho, esperto, brilhante.
Altamira – Feminino de Altamiro.
Altamirana – Feminino de Altamirano.
Altamirano – Do espanhol Altamirano, naturalemão de Altamira.
Altamirando – Variação de Altasmirano.
Altamiro – Germânico Altmir, velho esperto ou brilhante. Ou do topônimo português Altamira, de Alta e Mira.
Altéia – Grego Althaía, que cura, sara.
Altina – Feminino de Altino.
Altino – Latim De estatura fora do comum.
Altiva – Palavra de significado literal.
Altivir – De origem germânica: “Wer”, homem, e “Alt”, velho.
Altivo – Palavra de significado literal: orgulhoso, arrogante.
Aluísio – Latim Aloysius, que vem de Ludwig (Luiz) em alemão, daí o nome Ludovico em português, que corresponde a Luís.
Álvara – Feminino de Álvaro.
Alvarado – Germânico Conselho dos elfos, também derivado de Álvaro ou de Alfredo.
Alvarenga – Português Nascido em Alvarenga.
Álvares – Variação de Álvaro, All + Wars.
Álvaro – Teutônico All + Wars, muito atento.
Alves – Sobrenome, variação de Álvares, que deriva de Álvaro.
Alvim – Português Derivado de Albini (vila).
Alvin – Forma inglesa de Alvino.
Alvina – Germânico Adal + win, nobre amigo.
Alvino – Germânico Nobre amigo.
Alvise – Forma Veneziana de Aloísio.
Alwara – Forma alemã de Álvara.
Alwis – Variação alemã de Aloísio.
Alzira – Teutônico Ornamento e beleza.
Alziro – Raro, masculino de Alzira.
Amã – Persa Grande.
Amábile – Italiano Amabile, amável.
Amabília – Do latim amabilis, “amável”.
Amada – Francês Aimés, amada. Significação literal.
Amadea – Feminino alemão de Amadeu.
Amadeo – Forma italiana de Amadeu.
Amadeu – Latim Ama a Deus.
Amadeus – Forma alemã e inglesa de Amadeu.
Amadis – Forma francesa medieval de Amadeu.
Amado – Latim Amado, querido.
Amador – Latim Aquele que ama.
Amalberga – Germânico Que protege os trabalhos da guerra.
Amália – Gótico Amala, aquela que é trabalhadora e ativa.
Amalie – Forma alemã de Amália.
Amálio – Masculino de Amália.
Amalrich – Forma alemã de Amalrico.
Amalrico – O mesmo que Amalarico. Alemão: Amalrich; frnacês: Amaury.
Amaltéa ou Amaltéia – Personagem da mitologia.
Amaltrudes – Latim Ativa e querida.
Amana – Tupi Chuva, nuvem.
Amanacy – Tupi Mãe da chuva, pássaro que anuncia a chuva.
Amanara – Tupi Dia chuvoso.
Amanayara – Tupi O manda chuva, o senhor da chuva.
Amância – Feminino de Amâncio.
Amâncio – Latim Aquele que ama, amante.
Amanda – Latim Amanda, digna de ser amada.
Amândia – Feminino de Amândio.
Amandina – Diminutivo de Amanda. Francês: Amandine.
Amandino – Latim Aquele que deve ser amado.
Amândio – Latim Aquele que deve ser amado.
Amando – Latim Que é para amar, digno de ser amado.
Amandy – Tupi Água da chuva.
Amans – Forma francesa de Amâncio.
Amantina – Feminino de Amantino.
Amantino – Derivado de amante.
Amanzio – Feminino italiano de Amâncio.
Amapola – Espanhol Bela flor, papoula.
Amaral – Português Onde há amaros, espécie de salva, planta amarga.
Amarante – Latim ou grego Que não desmerece, nome do amaranto (flor dos amores).
Amaranto – Grego Que não desmerece.
Amari – O mesmo que Amaury.
Amária – Deusa de Fésulas, cidade da Etrúria.
Amarilda – O mesmo que Amarilis.
Amarílio – Derivado de Amarílis.
Amarílis – Latim Fresca, brilhante. Planta de grandes e belas flores.
Amarina – Feminino de Amarino.
Amarino – Latim Um pouco amargo.
Amaro – Latim  Amarus, amargo. O mesmo que Mauro.
Amary – Tupi Árvore da família das rutáceas.
Amasias – Hebraico Javé confirmou.
Amata – Latim Amada.
Amato – Latim Amado.
Amauri – Forma francesa do germânicoAmalarico, homem altivo, laborioso.
Amazonas – Grego Amazónes, sem seio.
Ambrogina – Forma italiana de Ambrosina.
Ambrogio – Formaitaliana de Ambrósio.
Ambros – Redução alemã de Ambrósio.
Ambrose – Forma inglesa de Ambrósio.
Ambrósia – Variação feminina de Ambrósio.
Ambrosina – Variação feminina de Ambrósio, que vem do grego Ambrotos.
Ambrosino – Diminutivo de Ambrósio. Francês: Ambrosin; italiano: Ambrogino.
Ambrósio – Grego Abrotos, o divino, o imortal.
Ambrosius – Forma alemã de Ambrósio.
Amélia – Variação de Amália, que vem do gótico Amala, trabalhadora e ativa.
Amélie – Forma francesa de Amália.
Amélio – Masculino de Amélia.
Amena – Agradável, suave.
Ameno – Agradável, suave.
Amenotep(e) – Do egípcio Amenhotep, “que o deus Amon esteja satisfeito”, ou “esplendor do disco do Sol”.
América – Topônimo originado de Ameri, que designava uma espécie de pau brasil, provavelmente de região situada no Industão ou em Samantra.
Americana – Derivado de América.
Américo – Teutônico Príncipe laborioso. O mesmo que Amauri.
Amerigo – Forma italiana de Américo.
Ameríndia – América + índia.
Ameríndio – América + índio. Diz-se do íncola da América.
Amerino – Latim Amerinus, naturalemão da cidade de América, Etrúria.
Amério – Germânico Chefe de obra.
Amiano – Pelo latim Ammianus, do grego Ammianós, nome de homem.
Amiclas – Pelo latim Amyclas, do grego Amyklas, nome de homem.
Amiel – Hebraico Meu povo é Deus.
Amílcar – Púnico Ham Melkas, graça de Hércules.
Amilton – Variação de Hemilton.
Amin – Árabe Fiel. Nome da mãe de Maomé.
Amina – Árabe Fiel. Amina foi a mãe de Maomé (Mahomet) fundador do Maometismo.
Aminabad – Hebraico Meu tio paterno é generoso.
Aminda – Esperanto Digna de ser amada.
Amino – O único homem que, segundo a lenda, sobreviveu à destruição da primeira raça humana.
Aminon – Hebraico Digno de confiança.
Amintas – Grego Amyno, protetor, defensor.
Amintor – Pelo latim Amyntore, do grego Amyntor, de amyno, “defender”.
Amir – Árabe Príncipe.
Amiron – Hebraico Deus é sublime.
Ammon – Líbio Júpiter. Hebraico: filho do meu povo, nome de um rei de Judá, Amon.
Amon – Nome de origem hebraica, rei de Judá.
Amonati – Tupi distante.
Amorin – Latim Origem de Gáliza.
Amorreu – Do hebraico, Amori, “montanhês”, ou “amargo, rebelde”.
Amós – Hebraico O forte, o robusto.
Amapro – Latim Manuparare, dar a mão ou proteger.
Ampélio – Latim Ampelius, grego Ampelos, vinhedo.
Ana – Hebraico Hannah, cheia de graça, a benéfica.
Anabel – Forma espanhola de Anabela.
Anabela – Inglês Amável.
Anabelia – Variação espanhola de Anabela.
Anaclet – Forma francesa de Anacleto.
Anacleta – Feminino de Anacleto.
Anacleto – Grego Chamado de novo.
Anacleonte – Lírico grego de costumes desregrados.
Anacreonte – Pelo latim Anacreonte, do grego Anakrefon, Anakréon, derivado de Kreíon, “rei chefe”, “o chefe supremo”.
Anadir – Aglutinação de Ana e Nadir.
Anael – Grego No ocultismo é o anjo que governa as salamandras.
Anaide – Abreviatura de Atenaide.
Anajá – Tupi Palmeira alta.
Anajé – Tupi Gavião.
Analdina – Provavelmente feminino de Analdino.
Analdino – Variação de Arnaldo.
Anália – Variação de Ana.
Analídia – Fusão de Ana e Lídia.
Analisa – Do francês Annelise, de Anne e Elise.
Anami – Tupi Nome de uma árvore.
Ananã – Tupi Cheiroso, fruta cheirosa, ananás, abacaxi.
Ananias – Hebraico Hananiah, o amado de Deus.
Anápio – Latim  Anapius, grego Anapias, romano que salvou seus pais de uma erupção do vulcão Etna.
Anárcase – Pelo latim. Anacharse, do grego Anácharsis, de provável origem cítica.
Anás – O mesmo que Ananias.
Anastácia – Grego – Anastacios, da ressurreição.
Anastácio – Variação de Anastácio, que vem do grego Anastasios, da ressurreição.
Anastase – Forma espanhola e italiana de Anastácio.
Anastásius – Forma alemã e inglesa de Anastácio.
Anátole – Forma francesa e inglesa de Anatólio.
Anatólia – Feminino de Anatólio.
Anatólio – Grego Anatolios, homem do oriente ou do leste.
Anaxágoras – Grego Anax + agorá (o primeiro + reunião), o dominador da palavra.
Anaxargo – Pelo latim Anaxarchus, do grego Anáxarchor: “anax”: príncipe, e “árcho”: governa, “príncipe que governa”.
Anaximandro – Grego Nascido para governar, dominador.
Anchieta – Espanhol Topônimo de origem basca.
Anco – Do latim Ancus, redução de Anculus, “servo, criado”.
Anderson – Germânico, inglês Filho de André.
Andiberto – Andiberto Nóvis, pai de Laura, musa de Petrarca.
Andina – Mulher ou coisa feminina próprias dos Andes.
Andino – Homem ou coisa masculina próprias dos Andes.
Andirá – Tupi Vampiro, morcego.
Andócides – General e grande orador ateniense.
Andomar – Nome masculino, variação alemã de Otomar.
Andrada – Variação de Andrade.
Andrade – Português Topônimo do reino da Galiza.
Andradina – Derivado de Andrade.
András – Forma húngara de André.
André – Grego Andreas, forte, viril.
Andrea – Feminino espanhol de André. É, também, masculino italiano de André.
Andreana – Derivado de Andrea.
Andreas – Forma alemã de André.
Andrée – Forma francesa de Andréia.
Andrei – Forma russa de André.
Andréia – Feminino de André.
Andreina – Forma italiana de Andréia.
Andrelina – Feminino diminutivo de André.
Andrelino – Diminutivo de André.
Andreoli – Italiano Sobrenome italiano derivado de André.
Andrés – Forma espanhola de André.
Andresa – Feminino de André, originado do Andrés usado antigamente em Portugal e na Itália.
Andrew – Forma inglesa de André.
Ándrocles – Grego Glória de homem, homem glorioso.
Androgeu – Pelo latim Androgeus, do grego Andrógeos: “anér, andrós, homem, varão, e gê, terra”.
Andrômaca – Pelo latim Andromacha, do grego Adromáche: “anér, andrós, homem e machomai, combater”, “a que combate com homens”.
Andrômaco – Masculino de Andrômaca.
Andrômeda – Pelo latim Andromeda e Andromede, do grego Androméda: “anér, andrós, homem, e medo, reina”, “a que reina sobre homens”.
Andrônico – Pelo latim. Adronicus, do grego Andronikós: “aner, andrós, homem, e da raíz do verbo nikáo, vencer”, “o que vence os homens”.
Andruscha – Nome masculino hipocorístico russo de André.
Aneci – Francês Cheia de graça, relativo a Nanci.
Anêmola – Planta de jardins.
Anes – Aférese de Eanes.
Anésia – Feminino de Anésio.
Anésio – Grego Ánesis, repouso.
Anete – Diminutivo de Ana.
Anfilóquio – Do latim Amphilochius, ao lado de Amphilochicus, natural de Anfilóquia.
Anfitrião – Pelo latim Amphitryone, do grego Amphitryon: “amphí, de um e outro lado, e tryo, forma poética de trycho, gastar pelo atrito”.
Anfrísio – Do latim Amphrysius, “anfrisíaco”, “do rico Anfriso”, na Tessália.
Ange(l) – Forma francesa de Ângelo.
Angel – Forma espanhola e inglesa de Ângelo.
Ângela – Grego Ángelos (leia-se ânguelos), mensageiro.
Angèle – Forma espanhola de Angélica.
Angélica – Greco-latino Angelicus, puro como um anjo. Conceito da mulher perfeita. Também nome de uma planta ou flor.
Angelice – Derivado de Ângela.
Angelika – Forma alemã de Angélica.
Angelina – Variação de Ângela.
Angéline – Forma francesa de Angelina.
Angelino – Derivado de Ângelo.
Angélique – Forma francesa de Angelica.
Angelita – Variação de Ângela.
Angelito – Diminutivo espanhol de Ângelo.
Ângelo – Grego Ângelos, anjo, daí o italiano Ângelo, anjo ou mensageiro.
Angelus – Forma alemã de Ângelo.
Angerico – Nome formado pela fusão de Ângela + Eurico.
Angícia – Latim Deusa dos encantamentos. Às vezes confundida com sua irmã Medéia.
Angilberta – Feminino de Angilberto.
Angilberto – O mesmo que Enguelberto. Espanhol: Angilberto; francês: Angilbert e Anglebert.
Anglebert – Forma francesa de Angilberto.
Anhaia – Espanhol, basco Irmão.
Anhangá – Tupi Só alma.
Anhangüera – Tupi O fantasma, diabo consumado, o espectro. Variação: Anhangoera.
Ani – Hipocorístico de Ana.
Aniano – Do latim. Annianus, “de Ânio”. Ânio, nome de um afluente do Tibre.
Aníbal – Púnico Graça de Baal, dádiva de Baal.
Anicet – Forma francesa de Aniceto.
Aniceta – Feminino de Aniceto.
Aniceto – Grego Invencível.
Anícia – Hebraico Filha de Ana.
Aniela – Forma polonesa de Ângela.
Aninha – Diminutivo de Ana.
Ânio – Do latim Annius, nome de família romana, à qual pertencia, entre outros, Milão, defendido por Cícero.
Anira – Tupi Anel.
Anis – Árabe Amável.
Anísia – Santa da Igreja Católica.
Anísio – Grego Completo, perfeito.
Anísis – Antigo rei do Egito.
Anita – Diminutivo de Ana.
Anito – Atenienese inimigo de Sócrates.
Anja – Forma russa de Ana.
Anjos – Português Sobrenome de origem religiosa.
Anjuta – Hipocorístico búlgaro de Ana.
Anka – Hipocorístico eslavo de Ana.
Anna – Forma alemã e italiana de Ana.
Ann ou Anne – Inglês, francês Ana.
Anni ou Annie – Hipocorístico inglês de Ana.
Annibale – Forma italiana de Aníbal.
Anninka – Hipocorístico polonês de Ana.
Anor – Nome masculino; do árabe on nur: “a luz”, ou do grego homérico anor: “homem”.
Anquises – Príncipe troiano de origem mitológica.
Ansaldo – Forma deturpada de Osvaldo.
Ansberto – Germânico Brilho dos deuses Asen.
Anselm – Forma alemã e inglesa de Anselmo.
Anselma – Feminino de Anselmo.
Anselme – Forma francesa de Anselmo.
Anselmina – Diminutivo de Anselma.
Anselmino – Diminutivo de Anselmo.
Anselmo – Teutônico Anshelm, elmo divino.
Ansur – Do germânico, “filho dos deuses Anses”, isto é “divino.
Antal – Forma húngara de Antônio.
Antãlcidas – Do grego Antalkídas: “anti: contra, e alké: força”.
Antão – Variação de Antônio. Vem do latim arcaico.
Antar – Do árabe “antar, interpretado como “peças de vestuário”, ou “gigante”.
Antelmo – Germânico Coberto de flores.
Antêmio – Grego Anthos, flor.
Antenor – Grego Lutador que toma lugar de outro; aquele que substitui outro.
Antenore – Forma italiana de Antenor.
Antero – Grego Cheio de flores.
Anteu – Grego Antaios ou Anthéus, que está na vanguarda, florido. Gigante mitológico filho de Netuno e da Terra.
Anthony – Inglês Antônio.
Anticiro – Na mitologia, médico que curou Hércules de moléstia nervosa.
Anticléa ou Anticléia – Esposa de Laerte e mãe de Ulisses, na mitologia.
Antídio – Grego Que está perante Zeus.
Antiloco – Pelo latim Antilochus, do grego Antímachos: “anti: contra, e mach: raíz de máchomai, combater”, “o que combate contra, adversário”. Poeta grego, cultor da elegia e da epopéia.
Antíoco – Pelo latim Antiochus, do grego Antíocos: “anti: contra, e ochós: tenas, firme, sólido, ou óchos: carro”, “firme na resistência”, ou “o que vai de carro contra (o inimigo)”.
Antíope – Pelo latim Antipoe, do grego Antiópe: “anti: contra e opé: rosto”.
Antíparo – Pelo latim Antipatrus, do grego Antípatros, “o que faz às vezes ou substitui o pai”.
Antístenes – Grego Que é contra a força.
Anto – Hipocorístico eslavo de Antônio.
Antoine – Francês Antônio.
Antônia – Latim Antonia, inestimável. A que não tem preço. Forma feminina de Antônio. Antoniete, Tonica, Totonha, Tonha ou Nica, são diminutivos.
Antonieta – Diminutivo de Antônia.
Antoniete – Forma francesa de Antonieta.
Antonin – Forma alemã e francesa de Antonino.
Antonina – Feminino de Antonino.
Antonino – Latim Ligado a Antônio.
Antônio – Latim Antonius, inestimável, o que não tem preço. Tonho, Toninho, Tonico, Totonho, Totoca, Toni, Tinoco, são diminutivos.
Antonita – Diminutivo espanhol de Antônia.
Antony ou Anthony – Forma inglesa de Antônio.
Antunes – Sobrenome comum no Brasil e Portugal, significa da família de Antônio.
Anuar – Do árabe, “o iluminado”.
Anúbis – Pelo latim Anubis, do grego Ánoubis, “deus egípcio com cabeça de cão”.
Anúncia – Redução de Anunciada, Anunciata.
Anunciação – Sobrenome de origem religiosa, associado à Anunciação que o Arcanjo Gabriel fez à Virgem Maria.
Anunciada – O mesmo que Anunciata.
Anunciata – Do italiano Annunziata, “anunciada”.
Aônia – Anagrama de loana, forma arcaica de Joana.
Aparecida – Nome freqüente no Brasil. Cidade do Estado de São Paulo onde apareceu a imagem milagrosa de N. Sra. Aparecida, padroeira do Brasil, celebrada em 12 de outubro.
Aparecido – Masculino de Aparecida.
Aparícia – Feminino de Aparício.
Aparício – Latim Aparição. Antigamente, no Brasil, os meninos nascidos no dia de Reis, 6 de janeiro, freqüentemente recebiam esse nome.
Apeles – Pintor grego severo com sua própria pessoa.
Ápia – Do latim Appia. Nome de uma velha estrada dos romanos, de Roma a Bríndisi, começada a construir em 312 pelo censor Ápio Cláudio Cego.
Apício – Do latim Apicius, nome de um gastrônomo célebre.
Ápio – Do latim. Appius, prenome romano, usado principalmente pela gens Cláudia.
Apiúna – Tupi Pintado de preto.
Apoema – Tupi Aquele que enxerga longe.
Apolina – Feminino de Apolino.
Apolinar – Forma espanhola de Apolinário.
Apolinária – Feminino de Apolinário.
Apolinário – Latim Consagrado a Apolo, deus da procriação na mitologia greco-romana.
Apolínio – Variação de Apolino.
Apolino – Santo da Igreja Católica.
Apollinaire – Forma francesa de Apolinário.
Apollinare – Forma italiana de Apolinário.
Apollinairis – Forma alemã e inglesa de Apolinário.
Apolline – Forma alemã de Apolina.
Apollon – Forma francesa de Apolônio.
Apollonia – Forma italiana de Apolônia.
Apollonio – Forma italiana de Apolônio.
Apollonius – Forma alemã e inglesa de Apolônio.
Apolo – Latim O mais belo dos deuses. Deus da procriação.
Apolodoro – Grego Presente do deus grego Apolo.
Apolônia – Grego Consagrada a Apolo.
Apolônio – Latim Apollonius, grego Apélon, o pertencente ao deus Apolo, o consagrado, ao deus Apolo. Uma só divindade. Santo da Igreja Católica.
Aprígio – Latim Caçador de javali.
Apuleu ou Apuleio – Do latim Apuleius, provavelmente ligado a Apúlia, região da Itália meridional, na costa do Adriático.
Aquêmines – Pelo grego Achaiménes, do velho persa Haxamanis, “o que tem sentimentos de amigo”.
Aqueu – Do grego Achaiós, “da Acaia”.
Aquias – Hebraico Meu irmão é Javé, amigo de Javé.
Áquila – Latim Aquila, águia.
Aquiles – Grego Achiléus ou Achlys, lobo terrível. Homem de lábios curtos e grossos.
Aquilina – Latim Aquila, águia.
Aquilino – Latim Aquila, águia.
Aquílio – Do latim Aquilius ou Aquillius, nome de uma família romana.
Aquino – Latim Nascido em Aquino, Itália (Santo Tomás de Aquino).
Ará – Hebraico A que anda, caminha.
Arabela – Latim Ara-bella, altar formoso.
Arabi – Tupi Lindas lágrimas. Índia amazonense que segundo a lenda, chorou muito o seu amado Caubi. Suas lágrimas se transformaram em vitória-régia, planta da região amazônica.
Aracaé – Tupi Pássaro briguento.
Aracê – Tupi Despontar, aurora.
Aracéli – tupi Altar do céu.
Aracema – Tupi Saída do dia, aurora.
Araci – Tupi Aracy, mão do dia, a aurora.
Aracné – Grego Aranha, na mitologia.
Aracunda – Tupi Papagaio arrufado ou parrudo, forte.
Aragão – Espanhol Aragón, topônimo de Aragón, procedente de Aragón.
Araguarino – Tupi A água ou rio da baixada dos papagaios.
Araí – Abreviação de Araíba.
Araíba – Tupi Papagaio ou tempo mau, tempestade.
Aralda – Feminino de Araldo. Alemão: Haralda.
Araldina – Feminino de Araldino.
Araldino – Diminutivo de Araldo.
Araldo – Variação de Haroldo.
Aramis – Basco Oriundo de Aramits, uma localidade dos Baixos Pirineus, na França. Nome de homem, personagem de Alexandre Dumas no livro Os Três Mosqueteiros.
Aranha – Grego Que tece, tecelã perfeita. Alcunha que mais tarde passou a ser sobrenome.
Arani – Tupi Tempo furioso.
Arantes – Galego  De Arantes, topônimo.
Arão – Hebraico  O montanhês, o elevado, o iluminado, o inspirado.
Araponga – Nome de um pássaro. Mais usado como sobrenome.
Arapuã – Tupi Abelha que faz o enxu redondo.
Araquém – Tupi Pássaro ou tempo que dorme, dorminhoco.
Ararê – Tupi Amigo dos papagaios, pássaros.
Arari – Tupi Arara amarela, canindé. Nome de uma árvore e da tinta que dela se extrai.
Araribóia – Tupi Cobra do rio das araras, cobra roncadeira.
Araripe – Tupi Rio dos papagaios.
Araruna – Tupi Arara preta.
Aratama – Tupi Terra dos papagaios.
Arati – Antiga tribo matogrossense, da qual descendem o atuais parecis.
Arato – Poeta e astrônomo da Sicília.
Arátor – Do latim arator, “lavrador”.
Araújo – Português Topônimo do galego, do castelo de Araúja, perto do rio Minho. Sobrenome freqüente no Brasil.
Arbogasto – Do germânico “gast, estrangeiro, arbo, de herança”.
Árcade – Pelo latim Arcade, do grego Arkás, filho de Calisto e de Júpiter que o transformou na Ursa Menor.
Arcádio – Latim Arcadius, grego Arkádios, homens ursos, vindos da terra dos Arkades, região do Peloponeso. Nome grego da constelação da Ursa do Norte.
Arcângelo – Grego O primeiro entre os anjos.
Arcanja ou Arcângela – Feminino de Arcanjo, Arcângelo.
Arcesilau – Pelo latim Arcesilaus, do Grego Arkesílaos: “arkeo: bastar, contentar, e Láos: povo”, “o que contenta o povo”.
Achibald – Forma alemã, francesa e inglesa de Arquibaldo.
Archibaldo – Forma espanhola de Arquibaldo.
Achimede – Forma italiana de Arquimedes.
Arcibaldo – Forma italiana de Arquibaldo.
Arco-verde – Tupi Muiraubi, madeira para arco (muíra) verde (ubi).
Ardoin – Forma francesa de Arduíno.
Ardovino – O mesmo que Arduíno.
Arduíno – Teutônico Homem forte e audaz.
Arécio – Do topônimo italiano Arezzo.
Arésio – Grego Agradável.
Aresqui – Nome do deus tupi da guerra. Aparece em OS Timbiras de Gonçalves Dias; e em Iracema de José de Alencar.
Aretino – Do italiano Aretino, este do latim Aretinus, “natural de Arezo”.
Aretusa – Nome de uma ninfa na mitologia.
Argemira – Feminino de Argemiro.
Argemiro – Teutônico Combatente, guerreiro ilustre.
Argentina – De prata. Natural da Argentina.
Argentino – Deus das moedas de prata entre os romanos, filho de Esculano. Natural da Argentina.
Argens – Santa mártir da Igreja.
Argeu – Grego Argeios ou Aragaios, radiante, brilhoso.
Argos – Grego Brilhante, luzidio, radiante. Personagem mitológico.
Ari – Hebraico Arih, leão. Tupi: homem vaidoso, o cacheado.
Ariádena – Variação de Ariadne. Festa de Santa Ariádena, 17 de setembro.
Ariadna – Grego Nome de personagem da mitologia grega que deu a seu amante Teseu um novelo de fio com o qual ele se orientou até o centro do labirinto, onde encontrou e matou o Minotauro.
Ariadne – Grego Ariádne, ou oriundo da ilha de Creta. Ari Mágne, a muito respeitável, muito santa, castíssima.
Arialdo – Variação de Ariovaldo.
Arian – Redução holandesa de Adriano.
Ariana – Grego Ares, nome do deus da guerra na mitologia, equivalente a Marte.
Ariane – Forma francesa de Ariadne.
Ariano – Relativo ao povo Industão, do qual os indianos e alemães se dizem descendentes.
Ariberto – Germânico Exército valoroso. Nome de reis da Lombardia.
Aricema – Tupi Palma que brota.
Arícia – Grego Princesa ateniense.
Aricina – De Diana, tomando do culto que lhe rendiam na floresta de Arícia, perto de Roma, onde Hipólito, reconhecido pelos favores que a deusa lhe prestara, erguera um templo, no meio do bosque sagrado, dedicado à Diana Aricina.
Arides – Grego Aridaios, latim Arideus, muito destruidor, guerreiro.
Ariel – Hebraico Fogo de Deus, leão de Deus.
Ariela – Do italiano Ariella, feminino de Ariel.
Arild – Forma dinamarquesa de Arnoldo.
Arilda – Germânico Lar, doméstica.
Arildo – Do dinamarquês Arild, o mesmo que Arnoldo.
Arina – Hebraico Alegre.
Arinos – Denominação de tribo de índios do Brasil Central e de um rio dessa região. Usado como sobrenome.
Ário – Pelo latim Arius, do grego Áreios, de áreios, “consagrado a Ares”.
Arion – Grego O muito enérgico, o apressado.
Arionte – Poeta e músico da Grécia Antiga.
Ariosto – Celta Latinizado Ariovistus, o fidalgo. Famoso poeta italiano, autor de Orlando Furioso.
Ariovaldo – Germânico Ariawald ou Heri + waldan (exército + comandar), o9 chefe, o comandante. Latim: Arialdus, que governa os senhores, os nobres.
Aristágoras – Grego O ótimo orador, ótimo conselheiro.
Aristarco – Grego Ótimo chefe.
Aristéa – Variação de Aristéia.
Aristéia – Feminino de Aristeu.
Aristeo – Forma espanhola e italiana de Aristeu.
Aristeu – Grego Ótimo, muito bom.
Aristid – Forma alemã de Aristides.
Aristide – Forma francesa e italiana de Aristides.
Aristides – Grego Brilhante pela sua ascendência.
Aristilo – Astrônomo e filósofo da Grécia Antiga.
Aristipo – Grego O melhor cavalo. Filósofo sensualista.
Aristo – Grego O melhor.
Aristocléa ou Aristocléia – Grego Ilustre. Sacerdotisa do Templo de Apolo, irmão de Pitágoras.
Arístocles – Grego O melhor e mais reputado.
Aristodemo – Grego O melhor do povo.
Aristófane – Forma italiana de Aristófanes.
Aristófanes – Grego O que parece ser o melhor.
Aristófila – Grego Amiga das coisas nobres ou melhores.
Aristófilo – Grego Amigo do melhor, do puro, do bem escolhido.
Ariston – Grego O melhor.
Aristonico – Pleo latim Aristonicus, do grego Aristónikos: “áristos: ótimo, e nike: vitória”, “vencedor muito afamado”.
Aristóteles – Grego Excelente confidente, ótimo conselheiro.
Aristotelina – Feminino de Aristóteles.
Aristotile – Forma italiana de Aristóteles.
Aritana – Yawalapiti – Nome de um famoso cacique da tribo.
Arkadius – Forma alemã de Arcádio.
Arlene – Celta Garantia, penhor.
Arleta – Variação portuguesa de Arlete.
Arlete – Celta Airleas, (penhor) através do francês Arlette.
Arlina – Variação de Arlene.
Arlinda – Feminino de Arlindo.
Arlindo – Teutônico Poderoso como a águia, escudo da águia.
Arline – Forma inglesa de Arlina.
Armand – Forma francesa e inglesa de Armando.
Armanda – Feminino de Armando.
Armandina – Feminino de Armandino, ou diminutivo de Armanda.
Armandino – Diminutivo de Armando que vem do teutônico com o significado de homem de armas.
Armando – Teutônico Homem do exército, homem de armas.
Armênia – Feminino de Armênio.
Armênio – Latim Natural da Armênia, terra dos montes azuis.
Armia – Anagrama de Maria, criação do poeta Bocage.
Armida – Personagem apresentado por Torquato Tasso em seu trabalho Os Ardis de Armida.
Armina – Teutônico Harimann, guerreira.
Arminda – Germânica Doce.
Armindo – Teutônico Harimann, homem de guerra.
Armínio – Germânico Forte, poderoso. Nome de um herói germânico, uma divindade de Irmin. Variação de Armindo.
Armino – Variação de Armínio.
Arna – Redução de Arnalda.
Arnalda – Feminino de Arnaldo.
Arnaldina – Diminutivo de Arnalda.
Arnaldino – Diminutivo de Arnaldo.
Arnaldo – Variação de Arnoldo ou Haroldo.
Arnaud – Francês Arnaldo.
Arnhold – Forma alemã de Arnoldo.
Arnira – Forma húngara de Arnolda.
Arno – Hipocorístico de Arnoldo.
Arnóbio – Grego Vida de Cordeiro.
Arnold – Inglês, alemã Arnaldo.
Arnolda – Feminino de Arnoldo.
Arnoldina – Diminutivo de Arnolda.
Arnoldo – Teutônico Arwald, forte como uma águia.
Arnolfo – teutônico Combatente com a coragem da águia e do lobo.
Arnon – Hebraico Topônimo, Armôn, rio que deságua no Mar Morto.
Arnost – Forma tcheca de Ernesto.
Arnould – Forma francesa de Arnold.
Arnoulf – Forma francesa de Arnulfo.
Arns – Germânico Mais usado como sobrenome.
Arnulfo – Germânico Hari + wald (exército + comandar), o comandante, o chefe do exército.
Aroldo – Variação de Haroldo.
Aron – Hebraico Luz ou iluminado.
Aronne – Forma italiana de Aarão.
Arouche – Espanhol Procedente de Arouche, Andaluzia.
Arquelau – Grego Guia, chefe do povo, governador do povo.
Arquias – Grego Governo, mando.
Arquibaldo – Anglo-franco-alemão Erchan-bold, sagrado, nobre e ousado.
Arquimedes – Grego O que pensa muito. Nome de um dos mais célebres filósofos da humanidade, que viveu na Grécia Antiga.
Arquitas – Pelo latim Archytas, do grego Archytas, nome de Homem.
Arrais – Português Chefe de embarcação.
Arriaga – Basco Pedras enxutas, pedras estreitas.
Arrieta – Basco Pedregal, pedreira.
Arrigo – Italiano Variação de Henrique.
Arriola – Basco Lugar de pedras, oficina de pedras.
Arroyo – Espanhol Arroio.
Arruda – Português Nome de planta, lugar onde há arruda.
Arsen – Forma alemã de Arsênio.
Arsênio – Grego Forte, viril.
Arsène – Forma francesa de Arsênio.
Arsénia – Feminino de Arsênio.
Arsênio – Do grego Arsénios, baseado em ársen, “viril, másculo”.
Arsenius – Forma alemã e inglesa de Arsênio.
Arsinoé – Grego De forte caráter. Nome de princesas egípcias.
Arsíone – Grego Arsinoé, Arsínoos, espírito, ânimo varonil.
Artaxerxer – Iraniano Artahshasa, que reina com justiça, que tem arte.
Artemidoro – Grego Presente de Artemis, deusa da mitologia.
Artêmio – Masculino de Artemis.
Ártemis – Grego Frescor, saúde, sadia. Irmã de Apolo e filha de Zeus. Deusa da luz.
Artemisa – Grego Perfeita. Nome de rainhas.
Artemisias – Pelo latim Artemisia, do grego Artemísia, tirado de artemísia, nome de umas planta consagrada à deusa Ártemis.
Artemiso – Masculino de Artemisa.
Arthur – Forma francesa e inglesa de Artur.
Artigas – Germânico Ártiga, Órtiga, castigada, ensinada, para o basco significa terrenas baldios.
Artur – Celta Arth-wr, o nobre, o generoso.
Arturo – Italiano Artur.
Aruana – Tupi Jeitoso, hábil.
Asael – Hebraico Deus fez.
Asariel – Hebraico Meu Deus liga, meu Deus luta.
Ascânia – Feminino de Ascânio.
Ascânio – Grego Campo florido. Planície na Frígia. Ascânio, na mitologia, é filho de Enéias e de Creusa.
Ascári – Germânico Senhor de freixo.
Ascário – O mesmo que Ascânio ou nome germânico que significa “guerreiro”.
Ascendino – Latim Que sobe, que se eleva.
Ascenso – Latim Aquele que subiu, que se elevou.
Asdrúbal – Púnico O auxiliar de Baal.
Asélia – Latim Jumentinha.
Aselma – Germânico Divina proteção.
Aser – Hebraico Tesouro. Um dos doze filhos de Jacó.
Asileu – Latim Deus que presidia ao refúgio que Rômulo abrira em Roma. Seu templo era sagrado e inviolável.
Ásio – Pelo latim Asius, do grego Ásios. Epíteto de Júpiter tomado da cidade de Aso, na ilha de Creta.
Asir – Variação de Aser.
Askan – Forma alemã de Ascânio.
Aspásia – Grego A carinhosa, aquela que recebe com ternura.
Assad – Árabe Mais feliz.
Assis – Latim Procedente de Assis na Itália. Nome de origem religiosa, São Francisco de Assis nasceu naquela cidade.
Assuero – Grego Xerxes, forma persa desse nome grego, famoso rei da Pérsia.
Assunção – Português Nome de mulher, por influência da Assunção de Maria, em homenagem à subida ao céu da Mãe de Deus.
Assunta – Latim Subida, elevada.
Assur – Pleo latim Assur, nome de rei da Assíria. É ainda nome de um filho de Sem (Gn 10,22).
Assurbanípal – Assírio O deus Asur deu um filho.
Assurdã – Do assírio Asur-dan, “o deus Assur e o juíz”.
Asta – Redução de Anastácia.
Aster – Do grego Astér, “astro, estrela”.
Astéria – Grego Brilhante como um astro.
Astério – Grego Brilhante como um astro.
Astolfa – Feminino de Astolfo.
Astolfo – Teutônico Lobo combatente, aquele que combate como lobo.
Astor – Francês Uma ave de rapina.
Astride – Sueco Amazona de lança, amazona protegida por deuses. Nome de uma rainha dos belgas.
Astrogilda – Feminino de Astrogildo.
Astrogildo –Teutônico Brilhante e digno de sacrifício.
Ástur – Segundo. Nascentes, do latim Astur, nome de um dos companheiros de Enéias.
Asunción – Forma espanhola de Assunção.
Asvero – Variação de Aasvero, o mesmo que Assuero.
Atabalipa – Forma espanhola de Ataualpa.
Ataíde – Português Pai luta. Derivado do germânico Athanagild.
Átala – Grego Ternura.
Atalanta – Grego Poderoso suporte. Feminino de Atlas, o herói que carregou o mundo.
Atalé ou Athaléia – “Atalea speciosa” é nome científico da palmeira babaçu.
Atália – Hebraico Elevado a Javé ou a brilhante. Formosa rainha de Judá, filha de Achab e Jezabel.
Ataliba – Quíchua Ave de felicidade. Forma simplificada do nome Atabaliba, último rei dos Incas, também conhecido por Atahualpa.
Átalo – Grego Alegre, divertido.
Atanagildo – Germânico Valoroso.
Atanarico – Do germânico “príncipe (rico) brilhante, ilustre, nobre”.
Atanásia – Grego Imortal.
Atanásio – Grego Aquele que não morre, o imortal.
Ataualpa – Quíchua Atahualpa, ave da felicidade, o galo.
Ataúlfo – Teutônico Nobre como o lobo, nobre guerreiro.
Ateio – Do latim Ateius, nome de um gramático célebre, Ateius Philologus.
Atenágoras – Do grego Athenagóras: “Athenâ: Atena e agorá: discurso, eloqüênte como Atena”.
Atenaíde – Pelo latim. Athenaide, do grego Athenais, patronímino de Athenâ, “Atena”, nome grego de Minerva.
Ateneu – Escritor grego, autor de Banquete dos Sofistas.
Atenodora – Feminino de Atenodoro.
Atenodoro – Do gregoAthenódoros: “dôron: presente e Athenâ: de Atena”.
Atenogenes – Do grego Athenógenes: “Athenâ: Atena, e génos: raça”, “da raça de Atena”.
Athalie – Forma francesa de Atalia.
Athanase – Forma francesa de Atanásio.
Atibaia – Tupi Ave sadia. Nome de cidade de São Paulo.
Ático – Do grego Attikos, “natural da Ática”.
Átila – Gótico Atta, pai, pequeno pai.
Atilana – Feminino de Atilano.
Atilano – Provavelmente derivado de Átila.
Atiliana – Feminino de Atiliano.
Atiliano – Do latim Atilianus, derivado de Atilius.
Atílio – Do latim Attius, variação de Acacius.
Átis – Pelo latim Attis (ao lado de Attin), do grego Áttis, pastor frígio amado por Cibele que se tornou sacerdote dessa deusa e se mutilou.
Atlante – Forma clássica de Atlas.
Atlântico – Derivado de Atlas.
Atlas – Grego Lavar, carregar, sustentador.
Ator – Uma das pessoas da Trindade Egípcia.
Atos – Grego Intacto, ileso, incólume, livre. Nome de um dos Três Mosqueteiros, do romance de Alexandre Dumas.
Atossa – Pelo grego Átsa, do persa (nome da mãe de Xerxes).
Atotes – Filho de Menés, fundador da dinastia egípcia.
Atreu – Grego Que nada teme, mitológico.
Attale – Forma francesa de Átalo.
Auberon – Variação de Oberon.
Aubin – Forma francesa de Albino.
Aubrey – Forma inglesa de Alberico.
Aubry – Forma francesa de Auberico.
Auda ou Aude – Forma francesa de Alda.
Audebert – Forma francesa de Adalberto.
Aufídio – Do latim Aufidius, nome de homem.
Augias – Nome masculino, pelo latim Augias, do grego Augeías, talvez de augé, “brilho”.
August – Forma alemã de Augusto.
Augusta – Latim Nobre, glorificada.
Auguste – Forma francesa de Augusto.
Augustin – Forma alemã de Augusto.
Augustina – Forma alemã de Agostinha.
Augustine – Forma alemã e francesa de Agostinha.
Augustinho – Latim Glorificado, nobre. Grande doutor de Igreja.
Augusto – Latim Augustus, dignidade magestática, sagrado, sublime.
Auleste – Latim Rei dos Etruscos, irmão de Ocno e fundador de Perúsia, cidade da Itália peninsular.
Aulo – Pelo latim Aulus, do etrusco Aule, Avile, “velho, idoso”.
Aura – Latim Sopro leve, perfume. Ambiente espiritual que envolve cada indivíduo, variando conforme seu estado de espírito.
Áurea – Latim Feita ou coberta de ouro.
Aurèle – Forma francesa de Aurélio.
Aurélia – Latim Dourada ou filha do ouro. Deusa romana da madrugada.
Aureliana – Feminino de Aureliano.
Aureliano – Latim Filho do ouro.
Aurèlie – Forma francesa de Aurélia.
Aurèlien – Forma francesa de Aureliano.
Aurèlienne – Forma francesa de Aureliana.
Aurelina – Feminino de Aurelino.
Aurelinda – Feminino de Aurelindo.
Aurelindo – Nome composto de Aurélio e sufixo arbitrário.
Aurelino – Variação de Aurélio.
Aurélio – Etrusco Úsil, sol.
Aurelius – Forma alemã e inglesa de Aurélio.
Aurêncio – De origem latina, derivado de aurus, “ouro”.
Áureo – Feito ou coberto de ouro.
Aurino – Do latim aurinus, atestável em Aurinus deus “(deus) do ouro”.
Aurora – Latim O romper do dia, madrugada que anuncia novo dia.
Aurore – Forma francesa de Aurora.
Aury – Forma francesa antiga de Alarico.
Ausenda – Alteração de Adosinda.
Ausônio – Do latim Ausonius “natural da Auxônia”.
Auspício – Latim Augúrio, promessa.
Austin – Variação de Agostinho, que vem do latim Augustinus (que pertence a Augusto).
Austine – Variação alemã de Agostinha.
Austragésilo – Germânico Austr + gisal, brilhante + refém.
Austregésilo – Variação de Austragésilo.
Auta – Feminino de Auto.
Auto – Latim Auctus, “aumentado, acrescido”.
Autodemonte – Latim Autodemonte, do grego Automédon: “autós: próprio, e médio: governar”.
Autódico – Grego Autódikos, “que tem jurisdição própria, independente”.
Autólico – Latim Autolycus, do grego Autólykos: “autós: próprio, lykos: lobos”, “verdadeiro lobo”.
Auxiliadora – Uma das invocações da Virgem Maria, usado como nome de mulher, Mauria Auxiliadora.
Avaré – Tupi Homem amigo.
Avatí – Guarani Herói de um mito indígena.
Avelaine – Forma francesa de Avelina.
Avelar – Várias povoações de Portugal, usado no Brasil e em Portugal como sobrenome.
Avelina – Feminino de Avelino.
Avelino – Latim Nome de cidade italiana.
Aventino – Da mitologia latina. Filho de Hércules e de Réia. Levou socorro a Enéias que luatav contra Turno. Uma das sete Colinas de Roma.
Aviano – Latim Avinus, nome de um fabulista latino.
Avicena – Nome masculino, do árabe Ibn Sina, “filho de Sina”.
Ávila – Cidade da Espanha onde viveu Santa Teresa de Jesus. Sobrenome de várias famílias brasileiras.
Avita – Feminino de Avito.
Avito – Latim Avitus, “de avô, que vem do avô ou dos antepassados”.
Áxel – Escandinavo Espada, defensor poderoso.
Ayacá – Tupi Cesto de vime, taquara.
Ayala – Espanhol Senhores de Biscaia.
Aynaud – Forma francesa de Aguinaldo.
Ayoacy – Tupi Jovem, moça, rapariga.
Ayra – Tupi Sobrinho, filho do irmão.
Ayrosa – Espanhol Ai-rosa.
Ayrton – Variação de Airton.
Ayssó – Tupi Belo, formoso, lindo.
Azael – Hebraico Deus viu.
Azaiel – Hebraico Minha força é Deus.
Azair – Hebraico Ricco.
Azaléa – Variação de Azaléia.
Azaléia – Grego Azálea, seca. Flor que nasce na terra seca.
Azambuja – Nome de vila em Portugal.
Azarias – Hebraico Aquele que o Senhor ajudou.
Ázem – Árabe Resoluto, decidido.
Azer – Hebraico “Auxílio”.
Azeredo – Árabe Ázer e sufixo edo, ou da Galiza, Aceredo. Nome português de uma mata de azereiros
Azevedo – De azedo, nome português de árvore, de onde vem o azevinho.
Azim – Árabe Aziz, “caro, estimado, bem amado”.
Aziz – Árabe Caro, estimado, querido.
Azor – Hebraico Ajudante.
Azuléa ou Azuléia – Uma planta de jardim.
Azurita – Nome de um minério de cor azul, constituído por carbono de cobre.

Frases que emocionam