propaganda

data

Seja bem-vindo. Hoje é

Ache sua frase aqui





Começar a correr depois dos 50 anos

Nunca é tarde. As vantagens e cuidados necessários para começar a correr depois dos 50 anos
Deu vontade de correr e acha que ficou tarde? Saiba que, independente da idade, a prática da corrida é completamente saudável e bem vinda.
A partir dos 40 é preciso ficar mais atenta, pois alguns processos do corpo humano começam a sofrem acelerações. “É um processo contínuo de perdas fisiológicas como massa muscular, força, velocidade de condução nervosa, diminuição da elasticidade muscular e articular e menor viscosidade das articulações”, explica Sônia Ficagna, especialista em fisiologia do exercício, atividade física e saúde.
Para dar início aos exercícios físicos, o primeiro passo é entender o corpo. “As mulheres com mais idade tem em média 40% menos massa magra nos membros inferiores em comparação aos homens, principalmente após os processos de gestação. Sem contar que o percentual de gordura antes ou depois de uma gestação é maior nas mulheres para dar conta da demanda hormonal que necessitamos para o equilíbrio do nosso ciclo”, pontua Cristina de Carvalho, graduada em educação física pela USP (Universidade de São Paulo) e diretora técnica do Projeto Mulher e do Núcleo Aventura.
100% positiva
Entre as vantagens de incluir a corrida após os 50 anos, destaca-se o emagrecimento, a diminuição de estresse, a melhora na qualidade do sono e, consequentemente, a melhora na saúde. “Por causa da corrida o metabolismo fica mais acelerado e nosso sistema cardiovascular se fortalece, reduzindo o risco dessas doenças, que são as grandes vilãs para mulheres com mais idade”, afirma Cris.
Sara Ambrósio, 53, empresária, começou a correr há 3 anos e já até participou de provas de 5 km. “Nunca fui muito fã de esportes, mas para melhorar minha saúde e emagrecer comecei um treinamento de caminhada e corrida. Minha vida mudou muito, para melhor”.
Sônia ainda compara: “Uma mulher de 50 anos bem ativa com a corrida pode ser comparada a uma jovem de 20 anos”.
Os primeiros passos
- Aliar a corrida com a musculação dará suporte para melhorar a qualidade do esporte, auxiliando na prevenção de possíveis lesões, diminuição da gordura corporal, aumento da massa magra, gerando maior irrigação para os músculos e pele. O ideal é dedicar 2 dias da semana para o reforço muscular
- Intercale a corrida com a caminhada. No início, os intervalos de caminhada devem ser muito grandes enquanto que os intervalos de corrida devem ser pequenos. No decorrer da prática essa relação deve ser invertida, até que periodicamente, não seja mais necessário andar.
- Reserve também 2 dias na semana para alongar, relaxar e principalmente descansar.
- Seu professor e você devem fazer um planejamento gradual de todas as atividades.
- Nunca force seus limites e tenha disciplina nas suas rotinas de treino.
- Consulte um cardiologista para fazer um check-up completo.
- Também é aconselhável consultar um ortopedista para saber se existem problemas posturais que possam ser agravados.

Frases que emocionam